Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Aspectos do Vidro em Portugal no Século XX

Copo com decoração do tipo "Mary Gregory", de provável manufactura estrangeira. Finais do século XIX.

 

   A decoração de vidro conhecida como "Mary Gregory" deve o seu nome à suposição de esta técnica ter sido iniciada nos Estados Unidos  por uma decoradora vidreira com este nome. Tal pressuposto veio a ser contestado posteriormente, havendo inúmeros exemplos que provam ter sido esta técnica comum a vários países, a partir do último quartel do século XIX, embora a maioria da produção seja atribuída à Boémia. 

   A decoração "Mary Gregory" caracteriza-se por apresentar desenhos a esmalte branco, com acentuado relevo,  representando essencialmente crianças mas também algumas personagens adultas. Muitas das peças apresentam-se em vidro colorido, embora se considere que os modelos primitivos terão sido provavelmente executados em vidro branco, transparente. É provável, pois, que esta decoração derive de uma imitação menos dispendiosa do vidro gravado e lapidado com retratos em camafeu, técnica que em Portugal foi executada no segundo quartel do século XIX pela fábrica da Vista Alegre.

   O reduzido grupo de especialistas que em Portugal se dedica ao estudo do vidro apresenta-se dividido quanto à existência desta técnica em Portugal, embora o Museu do Vidro da Marinha Grande exponha uma peça que os responsáveis do museu consideram ter sido executada em Portugal.

   A peça que abaixo se reproduz, provavelmente executada em Portugal, apresenta uma característica comum ao exemplar do Museu do Vidro da Marinha Grande – o facto de a decoração não ser executada totalmente a branco, apresentando o rosto colorido. Esta variante poderá ser, assim, uma característica específica da produção "Mary Gregory" portuguesa, se efectivamente ela existiu. Como é óbvio, esta peça vem consubstanciar a hipótese de tal técnica ter sido, de facto, executada em Portugal.

   Consulte algumas informações sobre o Museu do Vidro da Marinha Grande em http://www.visitportugal.com/NR/exeres/753C1B20-6C94-4A34-914B-9C315AABF8A1,frameless.htm e obtenha informações mais desenvolvidas sobre o vidro e o espólio do museu em http://br.geocities.com/omnco/.

 

Copo com decoração do tipo "Mary Gregory", de provável manufactura portuguesa, com a inscrição a dourado "Lembrança da Primeira Commúnhao". Princípios do século XX.

 

© Blog da Rua Nove

publicado por blogdaruanove às 11:24
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. Old Chap

. Le Sacré du Printemps

. Word of Mouth

. Still Skating Around...

. Volare...

. Ouranos

. Staccato

. E Va...

. E La Nave Va...

. The End

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Fevereiro 2011

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds