Quinta-feira, 3 de Maio de 2007

António Ferro e as Pousadas dos Anos 40

Pousada de S. Gonçalo, Marão (gravura publicada em 1945)

 

   Sob a direcção de António Ferro (1895-1956), o Secretariado da Propaganda Nacional (SPN; a partir de 1944, Secretariado Nacional da Informação, Cultura Popular e Turismo, SNI) dinamizou a oferta turística durante o início da década de 1940, publicando a revista Panorama, promovendo a edição de vários roteiros e guias turísticos em diversas línguas e, essencialmente, estabelecendo uma rede nacional de pousadas.

   Em 1945, o Ministério das Obras Públicas e Comunicações havia já concluído a construção ou remodelação de oito edifícios, que se encontravam a funcionar em pleno: pousada de Santa Luzia, em Elvas (a primeira a ser inaugurada); pousada de S. Gonçalo de Amarante, no Marão; pousada de Sto. António, em Macinhata do Vouga, Águeda; pousada de S. Martinho, em S. Martinho do Porto; estalagem do Lidador, em Óbidos (em regime especial de concessão); pousada de Santiago do Cacém; Pousada de S. Brás, em S. Brás de Alportel, e pousada de S. Lourenço, em Manteigas, na Serra da Estrela. 

   Actualmente, quase todas estas pousadas integram a cadeia hoteleira das Pousadas de Portugal (http://www.pousadas.pt/historicalhotels/PT). 

 

Pousada de Santiago do Cacém (gravura publicada em 1945)

 

© Blog da Rua Nove

publicado por blogdaruanove às 02:08
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Francisco Seixas da Costa a 22 de Agosto de 2011 às 22:33
A pousada de S. Gonçalo foi concessionada e está em regime de "franchising". A pousada de Santo António, em,Serém, desapareceu nos anos 90. A pousada de S. Martinho foi a primeira a ser encerrada. A pouusada de Santiago do Cacém está fechada. A pousada de S. Brás de Alportel está fechada.
De blogdaruanove a 25 de Agosto de 2011 às 10:37
Grato pela adenda, embaixador. A princípio até pensei tratar-se de uma cuidadosa correcção da própria PP...

Enquanto flaviense desterrado, concordo plenamente com a sua menção do restaurante Carvalho, herdeiro, em versão ampliada, renovada e melhorada, do Campismo, como um dos mais interessantes de Chaves na actualidade.

No entanto, diria que na lista faltará, entre outros, O Lavrador, no Caneiro. Um ambiente mais rústico, menos espaçoso, mais barulhento, mas uma comida bem confeccionada e bem saborosa.

Saudações.
De Francisco Seixas da Costa a 25 de Agosto de 2011 às 10:41
Pelo pf que leia http://duas-ou-tres.blogspot.com/2011/08/pousadas.html
De blogdaruanove a 25 de Agosto de 2011 às 11:12
Já tinha lido, senhor embaixador, já tinha lido.

Assim cheguei, aliás, às suas notas sobre os restaurantes de Trás-os-Montes.

Acrescentaria que me consta já não pertencer o Hotel Forte de S. Francisco ao senhor comendador Ramos.

Saudações.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. Old Chap

. Le Sacré du Printemps

. Word of Mouth

. Still Skating Around...

. Volare...

. Ouranos

. Staccato

. E Va...

. E La Nave Va...

. The End

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Fevereiro 2011

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds