Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Manuel Ribeiro de Pavia

 

Ilustração para a capa de Filhos do Diabo (1954), de Manuela de Azevedo (n. 1911).

 

   "(...) Heróico Pavia!, companheiro de poetas, ilustrador de poetas, apaixonado leitor ideal de poetas que, à hora da morte, com a simplicidade de bem morrer sem bravatas, ainda pediu  a um poeta que lhe ensinasse a saída do labirinto, agarrado a um fio de poesia para não se enganar na porta escura.

   – Tantas vezes o ouvi citar esses versos! – observou o Carlos de Oliveira.

   São os do "Poema Final" de Camilo Pessanha que li agora mesmo, sem tropeços de lágrimas, os olhos bem secos (sim, bem secos e nítidos), para compreender bem, para apreender bem:

 

   Abortos que pendeis as frontes cor de cidra

   Tão graves de cismar, nos bocais dos museus,

   E escutando o correr da água na clepsidra,

   Vagamente sorris, resignados e ateus,

   Cessai de cogitar, o abismo não sondeis.

   ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ...

   Adormecei. Não suspireis. Não respireis. "

 

in José Gomes Ferreira (1900-1985), Imitação dos Dias (1966; 3.ª edição, 1977).

 

© Blog da Rua Nove

 

publicado por blogdaruanove às 11:29
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Julho de 2007

Fotobiografia de Wenceslau de Moraes (8)

 

Wenceslau de Moraes com um dos seus filhos e o poeta Camilo Pessanha (1867-1926). Fotografia tirada em Macau, cerca de 1897. Em correspondência datada de 16 de Junho de 1921, escreveu Wenceslau sobre si e sobre Pessanha:

 

   "O que é que eu sou como litterato? Uma nullidade; 1/2 duzia de amigos (não mais) leem os meus escriptos com agrado, por estima, não pelos seus meritos, que não teem. O dr. Camillo Pessanha, sim; é uma intelligencia da mais fina tempera, litterato subtilissimo, embora pouco productor (por circunstancias diversas)."

 

   Em 1897 Wenceslau integrou a comitiva do governador de Macau que foi recebida pelo imperador do Japão, em Kioto, a 14 de Julho. Anteriormente, já Wenceslau estivera no Japão por duas vezes – visitara Nagasaki em Agosto de 1889, a título pessoal, e Yokohama em Junho de 1893, enquanto representante dos governos de Macau e Timor, a fim de adquirir artilharia para os dois territórios.

   Entre Julho de 1893 e Setembro de 1894 Wenceslau desempenhou o cargo de inspector da importação e exportação do ópio no porto de Macau, cargo de que foi exonerado a seu pedido.

 

© Blog da Rua Nove

publicado por blogdaruanove às 17:49
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. Manuel Ribeiro de Pavia

. Fotobiografia de Wencesla...

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Fevereiro 2011

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds