Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog da Rua Nove

Blog da Rua Nove

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
20
Fev07

Tommy

blogdaruanove

 

Um minuto! Um minuto? Segundos... apenas alguns segundos e aquele rapaz passara-lhe à frente. Teria agora que esperar na fila até que ele se despachasse, no multibanco. A única caixa multibanco das redondezas. O rapaz lá se aproximou do teclado e começou a digitar códigos. Estranho... Apenas digitara uma vez... E agora, agora pressionava os botões, freneticamente, fazendo estranhíssimos movimentos com os braços enquanto dobrava as pernas, levantando-as e baixando-as a um ritmo esquisito! Parecia até que julgava que a máquina tinha botões laterais... Ganzado! Só podia... Mais um! Mas nunca mais se despachava... seria que afinal também estava a pagar contas, a fazer transferências ou a comprar bilhetes? A sua impaciência crescia, bem como a fila atrás de si... passou a olhar nervosamente para o relógio... já deviam ter decorrido uns bons minutos. As pessoas na fila agitavam-se, começando a esboçar protestos... "Merda! Perdi...", ouviu, enquanto via os punhos do rapaz a baterem na máquina... Perdi?! O miúdo está mesmo mal... Depois de ele se afastar, dirigiu-se finalmente para o teclado. Era a sua vez... e já não era sem tempo. Perdi?, pensou ainda, Coisa esquisita! Olhou então para o ecran. Estranho, muito estranho! Devia ser avaria... Piscando, a brilhar, uma frase repetia-se interminavelmente: GAME OVER!... game over!... GAME OVER!... game over!...

 

© Blog da Rua Nove

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D